ptenfrdeites

MINHA HISTÓRIA!

 

É um pouco difícil falar de si, lembro-me de quando eu era criança, meus amigos me dizendo que eu havia servido de inspiração para eles em algum momento, digo, os amigos mais próximos, recordo-me bem do sentimento de motivação que eu sentia ao ouvir isso; foi então que as coisas começaram a acontecer.

Nascido de família humilde, filho de um trabalhador aposentado e de uma cabeleireira, sempre via minha mãe trabalhando com dedicação para com os seus clientes. Ela sempre me incentivava para seguir essa profissão, mas ainda assim não me via como um cabeleireiro ou algo do tipo.

Na minha adolescência, tentei seguir algumas profissões, em meio às minhas tentativas de me encaixar no mercado de trabalho, fiz alguns trabalhos, como entregar panfletos, trabalhei em um lava-rápido, também como ajudante de servente e, por fim, três anos com registro em carteira em algumas empresas privadas.  Porém ainda assim não havia encontrado algo nesses trabalhos, que me despertasse a vontade de seguir carreira.

Então me lembrei de que, desde a infância, era apaixonado pela Arte em geral, pelo significado “oculto”, encantador e misterioso existente em cada uma delas. Gostava de desenhar, criar algum tipo de arte, seja ela qual for. Então, eu pensei, seria legal trabalhar em algo que eu pudesse aplicar a minha arte, acho que é, por isso, que a cada corte eu encaro como uma obra única.

 Foi quando, então,  eu comecei a conhecer o ramo de barbeiros através do Youtube, lembrei-me dos incentivos que minha mãe me dava sobre essa profissão.Vi alguns vídeos de cortes masculinos diferenciados e percebi que  poderia aplicar a minha própria arte ali.

Comecei a me inspirar vendo o trabalho de barbeiros sensacionais no Youtube e em outras redes sociais, nacionais e internacionais, alguns com pouco, outros com muito tempo de barbearia, como o Eduardo Muller, Dill Black, Alan Calixto , Wester  Barber , Arod , Rob The Original e Sky Salon. Enfim, começando a aprender mais sobre barbearia em 2012 , levei completamente a sério, buscava recriar aqueles cortes e penteados  tops,  tentando fazê-los parecer o máximo possível com o original, usando isso como uma espécie de aula autodidata ( risos).  Foi quando houve um campeonato de barbeiros em minha cidade e resolvi participar, para minha surpresa terminei em primeiro lugar.

Depois disso,  comecei a postar meus trabalhos nas redes sociais, no qual acabei por receber muitos elogios e admirações e, por fim, algumas propostas. Uma produtora de eventos me convidou para dar alguns Workshops, imaginem só, eu, um barbeiro com um pouco mais de dois anos de profissão dando aulas para barbeiros de várias idades, me senti realmente honrado e aceitei a proposta.

Comecei a dar aulas e tomei um pouco de gosto pela coisa, pois estava passando minha arte para os demais e ainda ganhando para isso. Mas eu tinha e ainda tenho a noção de que no ramo da barbearia  nunca se sabe de tudo, então, sempre busco aprender coisas novas ou, então, aperfeiçoar o que já sei.

Nessa época, em 2014, eu trabalhava em uma barbearia como funcionário, em uma cidade vizinha, e logo depois do expediente, ainda continuava a trabalhar em minha casa. Assim eu trabalhava todos os dias da semana das 8h  da manhã até meia-noite do mesmo dia. Dessa forma, dobrei meu aprendizado e o aceleirei mais ainda.

Em 2015, devido à repercussão do  meu trabalho nas redes sociais, fui convidado para ministrar aulas na renomada empresa Wahl Clipper Brasil, a qual tenho muito carinho e gratidão pelo reconhecimento até hoje. Aprendi muito ministrando aulas em vários Estados pelo Brasil com uma das melhores empresas do ramo. Mas como tudo na vida tem um tempo, resolvi começar a “andar com minhas próprias pernas”, sair da zona de conforto, pois pelo que sei, a zona de conforto pode ser perigosa, nos impedindo de evoluir.

Então em 2015, juntei uma grana legal e planejei abrir minha própria barbearia, usando meu nome com o vulgo “Teex” derivado de meu sobrenome (Teixeira), formando Richard Teex, com meu estilo em todos os aspectos da mesma. Pensando em meus clientes, investi no conforto  como poltronas confortáveis para os que esperavam pelo corte e uma cadeira massageadora para aqueles que estavam cortando o cabelo ou fazendo a barba, tinham uma experiência única.

Tive uma publicação n Instagran que superou todas expectativas,  mais de vinte três mil comentários e cerca de quatro milhões de visualizações, isto foi fantástico! 

 

Em 2017, recebi um convite inesperado, um dos barbeiros que eu mais admirava o grande Eduardo Muller  me convidou para ministrar uma de minhas aulas para seus alunos através de um vídeo, ser convidado para gravar uma “vídeoaula” para os alunos do meu mestre significava que eu estava no caminho certo. Sou muito grato pela conversa que eu e Eduardo Muller tivemos naquele dia, pois devido aos seus conselhos comecei a pensar de uma maneira diferente, afinal o cara é um exemplo de humildade e sucesso.

Hoje, o tenho como um amigo, não só ele mas também outros como Dill Black, Allan Calixto, que acompanham também o meu trabalho. Aliás, como descrever a sensação de saber que barbeiros monstros como esses que você tanto admira passam também a acompanhar você?

Passei a dar Workshops em meu próprio salão e, graças a Deus, sempre que faço um evento desse tipo, consigo preencher todas as vagas. Enfim, hoje,  penso que o céu é o limite, recebo muitas mensagens de carinho e admiração de pessoas que acompanham meus trabalhos nas redes sociais e isso me dá muita motivação para continuar.

Se alguém me perguntar se tenho planos para o futuro, certamente responderei que sim!  Com toda certeza, estou trabalhando para formar uma equipe de sucesso, me uni com amigos que tinham ideias visionárias e fome de crescer, um deles é o meu irmão Rian, que já está cada vez mais top em seus cortes. Apesar de ter apenas 17 anos, ele  pensa em ser muito mais do que já é, outro dos meu parceiros é o Willy um amigo de tempos que inclusive escreve este texto enquanto eu narro,  esse rapaz é como se fosse um irmão, muito  humilde. Eu aprendi muito com ele e o Renan, meu primo que cresceu  comigo e também está com muita vontade de crescer. Para que eu consiga manter a qualidade a qual hoje é reconhecida pelas pessoas , treinei minha equipe do zero, Sinto que a marca “Teex” tem muito mais a oferecer.

Essa é minha História, continuo a escrever a cada dia. E você, lute pelos seus sonhos e escreva sua história também.

 

 

Richard Teex”

instagran  @richardteex_

 

contato: 55 01511970878203

 

By Richard Teixeira ( Richard Teex)